Ei, olhe com outra lente para a sua vida!

Alguma vez em toda a sua trajetória você já tentou ver o lado bom das coisas? Ou você só diz isso como conselho? Só impulsiona as pessoas a fazerem o que você mesmo não faz?

O que é o lado bom da vida? Quando tudo sai do jeito que você quer? Porque não é isso.

O lado bom para ti é quando você não é o único que sofre?

Todos nós vivemos muitas coisas no dia-a-dia. E quando essas coisas envolvem pessoas, a intensidade aumenta ainda mais. E quando envolvem sentimentos, as coisas talvez piorem. E no meio de todas essas coisas que a gente vive estão “vários dois” lados da vida: certos e errados. Só que, mesmo quando dão errado, podemos enxergar algo para tirar como lição e fazer certo em uma próxima ocasião. E por mais abstrato que isso seja, pode ser quando a gente cresce: quando as coisas não dão certo. É abstrato, não mentiroso. Ninguém vive só de beijo na boca. Pensar duas vezes também dá um prazer imenso.

O problema é que a gente teima em problematizar as coisas. Transformamos dias ruins em vidas inteiras arruinadas. Nós temos a ousadia de julgar a vida como UMA MERDA porque quem a gente quer beijar quem não quer beijar a gente. Não é louco? Se você reduzir os problemas do seu coração, aqueles que envolvem sentimentos, vai perceber o quanto são pequenos e se engradecem por nossa culpa e pela nossa expectativa frustrada.

Não serei óbvio aqui e dizer que deve ver o lado bom de terminar uma história com alguém, isso é fácil demais para quem não sentiu na pele, para quem não viveu a história. O lado bom, talvez, seja você ter como pegar um ônibus numa cidade onde muita gente só consegue pegar o chinelo. E olhe lá!

O lado bom do seu emprego que você considera uma droga é você ter um emprego. E outros milhões de exemplos parecidos. Então olhe para a sua vida e enxergue o lado bom. Sempre terá, sempre existirá, em cada pedacinho do seu dia, muito além dos grandes momentos complicados que envolvem sentimentos.

É como na historinha dos dois copos que contém a mesma quantidade de água: em um deles, um se afoga, no outro, um faz dele, uma piscina. Essa metáfora, nos mostre que, os problemas da vida vão de acordo com a reação de cada um frente à cada complicação. Uns complicam menos e outros mais.

Rogerio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s