Eu não quero mais sentir o peito saltitando a cada nova mensagem tua, sentir as mãos suarem a cada nova curtida ou sentir o peito palpitando ao ouvir tua voz em um desses áudios quaisquer. Eu só quero te esquecer. Eu preciso te esquecer. Eu só quero esquecer tudo que vivemos. Eu preciso esquecer.

Eu não quero lembrar o teu sorriso de manhã, me abraçando forte enquanto se espreguiçava. Eu não quero lembrar os teus olhos brilhando ao me olhar, não quero lembrar quando nossos olhos se cruzavam na multidão e não conseguíamos disfarçar a nossa vontade de sair dali logo. Eu não quero lembrar as madrugadas frias que nos encontrávamos apenas para dormir juntos.

Eu não quero lembrar às vezes em que saímos a toa pela cidade apenas para conversar e dar risadas, não quero lembrar de voltar da tua casa de madrugada, de moto, agarrado em tua cintura para espantar o frio da manhã. Eu não quero lembrar as  nossas bebedeiras juntos, das nossas amizades em comum.

Eu não quero lembrar os nossos desabafos, dos nossos medos compartilhados. Eu não quero lembrar como você me dava coragem para enfrentar meus problemas, e de como você me fazia rir nos piores dias. Eu não quero lembrar o teu colo quentinho me fazendo esquecer o mundo lá fora.

Eu não quero lembrar os teus lábios quentes, teus dedos gelados e tuas pernas inquietas. Eu não quero lembrar quando você me acordava com mordidas nas costas. Eu não quero lembrar a maneira como você me pegava, de como só você sabia puxar meus cabelos de uma forma que me enlouquece. Eu não quero lembrar que você me amava como ninguém.

Eu não quero lembrar. Eu não quero sentir. Não quero sentir saudades de um tempo que não vai voltar, não quero sentir vontades de voltar a cada nova indireta sua. Eu não quero estar esperando você voltar.

Eu não quero sentir uma faca cruzar o meu peito cada vez que vejo uma foto sua com ela. Eu não quero deitar para dormir e ter que te imaginar deitado no colo dela, da mesma maneira como você fazia comigo. Eu não quero te imaginar rindo para outra pessoa. Eu não quero sofrer.

Eu não quero que teu sorriso ainda tenha esse poder sobre mim, não quero que teus braços ainda me chamem como no início. Eu não queria que tudo tivesse acabado assim. Eu não queria que tudo tivesse acabado.

É que eu só quero te esquecer. Eu quero poder te olhar de perto sem sentir a garganta pular para a boca. Eu não quero sorrir a cada vez que ouço teu nome, mesmo sem ter motivos para isso. Eu não quero sentir vontades de te ligar no meio da madrugada, depois de beber umas para mais, como você sempre fazia após aquele show. Eu não quero mais te querer.

Mas o problema é que teu sorriso ainda me afeta demais. Teu sorriso ainda tem o mesmo efeito sobre mim, ele ainda me faz viajar e flutuar para longe. E eu só queria não sentir vontade de ser o motivo desse teu sorriso… Tão lindo.

vic

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Victória Martins