Ela teima em ser triste, diz ser culpa do signo, dos astros, quiçá da chuva de domingo. Em dias de sol, ela deseja chuva, em dias nublados, almeja o brilho do sol. Ela gosta de abraços, ama aconchegos, e é fascinada por surpresas. Ela diz ser um caos em meio a calmaria, mas se você souber respeitar seus silêncios, poderá se tornar o causador dos seus sorrisos, sorrisos dos quais ela não entregará de bandeja, porém, lhe deixará pistas de onde encontrar.

Ela insiste em ser triste, tristinha. Mas não pelo fato de estar realmente triste, ela fará isso só para te chamar atenção, pois ela adora ser escutada, almeja ser entendida e deseja ser abraçada e beijada todos os dias do mês. Ela não quer que você lembre de todas as datas comemorativas, mas que faça cada dia do calendário um dia especial pra ela.

Ela teima em ser assim; a garota triste em meio a tanta gente alegre.

Ela possui mãos tão pequeninas e delicadas, que precisa de ambas para segurar a caneca de chocolate quente, ela sabe como equilibrar e desequilibrar, também.

Se você souber respeitar suas tempestades furiosas, será a razão de seu verão céu-cor-de-tangerina.

Mas como ela pode ser tão confusa assim? Ela diz não saber com qual roupa se vestir, short ou saia, preto ou azul-escuro, com qual cara sair, Gustavo ou Rafael? Não sabe se pede pizza, ou se segue a dieta feita por ela mesma. Ela diz ter uma queda em ser meio louca assim, insiste em dizer que é coisa do signo, e se sente bem assim. Quando estar amando, diz ser mais louca que o normal. A maioria do homens nunca irão entender seu jeito de garota louca, mas ela pouco se importa, coloca um sorriso no rosto e novamente se perde em meio as dúvidas na frente do guarda-roupa.

Pedro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Sobre Jornalismo de Boteco

Paulinho Rahs Escritor, compositor, poeta solitário, vocalista da Arcadia e criador do Jornalismo de Boteco. Entusiasta, subversivo e magnânimo, contém na lista de vícios café, cerveja, o Foo Fighters e o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense. https://www.facebook.com/PaulinhoRahsOficial/

CATEGORIA

Pedro Ficarelli

Tags

,