Some comigo por hoje, mas não leva muita coisa não, apenas algumas roupas, teu cheiro e seu coração. Prometo também não levar tanta coisa assim, hoje eu quero apenas que você suma comigo pra qualquer lugar. Sem roteiros escritos, quero poder vadiar as madrugadas ao teu lado, quero poder sentir teu perfume de perto e sorrir juntos de planos que faremos para o futuro.

Some comigo hoje sem scripts, junta teu coração ao meu e me conta um pouco mais da tua vida, te conto um pouco da minha também. Abre um pouco as janelas do carro e faz o mesmo com as cortinas do teu coração, sinta o soprar dos ventos no rosto e deixa teus medos nas estradas percorridas pelos amores que aqui passaram e os deixaram para trás.

São tantas as lembranças e tão poucas as pessoas que te trazem a segurança de dividi-las.

Some comigo, quero te deixar livre, mas de vez em quando, se prende ao meu coração, lá, eu te prometo que encontrarás liberdade de um amor livre, de um sentimento que vaga pelos quatro cantos do mundo, mas nunca esquece sua verdadeira morada. Me conta do teu dia, te faço uma piada sem graça, só para roubar sorrisos bobos. Me conta dos teus medos e compartilha eles comigo, seremos medroso juntos.

Some comigo hoje, assim, sem se arrepender de nada que deixará pra trás. Me fala um pouco do amor, te mostro um pouco dele. Pode fechar as portas e as cortinas, –  as do teu coração também -, já me encontro aqui dentro faz uns dias, e dizem por ai que tem ladrão pra tudo em todo lugar, inclusive no amor.

IMG_9298

Anúncios

Participe da conversa! 1 comentário

  1. Muito bom!

    Curtir

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Sobre Jornalismo de Boteco

Paulinho Rahs Escritor, compositor, poeta solitário, vocalista da Arcadia e criador do Jornalismo de Boteco. Entusiasta, subversivo e magnânimo, contém na lista de vícios café, cerveja, o Foo Fighters e o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense. https://www.facebook.com/PaulinhoRahsOficial/

CATEGORIA

Pedro Ficarelli

Tags