Se eu matar o amor, o que sobra de mim?

O amor se manifestou em mim com alguns choques no peito que iam e voltavam.

Era tranquila a convivência: por vezes sentia de menos, por vezes sentia de mais… Principalmente quando você chegava e deitava sobre o meu colo e me pedia um cafuné.

Um dia, por descuido, o amor chegou na grande artéria. Seguiu com tanta pressão que não consegui controlar.

No retorno venoso, se espalhou pelo corpo inteiro e cada leucócito que tentava me defender daquela bagunça, só sucumbia em mais e mais amor.

Cada célula de mim era só amor. Dez trilhões de células e em cada uma delas, um pouco de você.

Você preencheu minha vida, meu corpo, minhas veias, impulsionou minhas artérias e chegou no meu coração.

Lá, fez morada em uma casa que não podia ficar e quando foi embora não soube recolher nada que era seu.

Foi de corpo, mas ficou em alma.

Partiu pra longe, mas fincou um amor que eu não sabia como cuidar.

O que fazer pra você sair de mim?

Então, quis guardar o amor no coração, mas tive taquicardia.

Mandei o amor pro encéfalo e lá ele queimou meus neurônios.

Tentei guardar um pouquinho no pulmão e não consegui respirar.

Surgiu então a ideia de mandá-lo ao fígado, pra quem sabe matar o amor alcoolizado; dar cirrose ao amor. Mas não houve jeito. Ele sempre voltava no dia seguinte.

No estômago ele não cabia, virava borboleta e… Incomodava tanto!!

Ainda não consegui tirá-lo de mim, pensei que talvez o apêndice fosse a melhor opção, pra quem sabe removê-lo sem deixar sequelas, mas daí ele não me obedece mais.

Que solução dar ao amor?

Se eu matar o amor, o que sobra de mim?

IMG_7098-1

2 comentários em “Se eu matar o amor, o que sobra de mim?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s