O que sobra depois que o amor acaba? 

Para muitos, se acabou, não era amor. Papo furado. É preciso entender que o que acaba não é o amor, e sim a velha forma com que amamos a pessoa quando a conhecemos. Todo o resto continua. A convivência corrói e constrói ao mesmo tempo; passamos a gostar dos defeitos e cansar da rotina que tanto nos fazia bem. É um rito de passagem que quase sempre traz grandes aprendizados, mas que também pode ser responsável pela volta de grandes amores. E isso só você pode escolher. 

Os que escolhem tirar algum aprendizado de todo o tempo vivido juntos fazem questão de deixar claro que mesmo no fracasso, não foi uma perda de tempo. Na verdade, tiveram muitos momentos bons. É um termo muito usado pelos que desistiram de tentar por algum motivo. Não julgo. Desistir é muito mais difícil do que se parece e exige muito mais coragem do que se imagina. Ao desistir, não desistimos da pessoa. Desistimos dos sentimentos que costumávamos ter em relação à ela. Não quer dizer que o muro todo tenha desabado. Você só trocou alguns tijolos de lugar, diminuiu alguns espaços. Mas sabe que ainda resta muita coisa construída. Muitos sentimentos que farão você voltar lá sempre, para ver se ele ainda está de pé.

A segunda opção sempre me atraiu mais, sempre escolho aquilo que ainda necessita de reparos para seguir em frente. Nunca gostei de ter ou conviver com algo que já estivesse pronto. Gosto de ter trabalho, de me sujar, de me cansar, de tomar porres pensando na solução do problema, principalmente nos que não têm solução alguma. É uma falsa esperança, mas que ainda faz o nosso coração pulsar muito mais do que a certeza de um caminho em linha reta. Mas é um caminho difícil, pode significar solidão, suor, e provavelmente, o fim do que ainda lhe restou de paciência. É apenas mais um desses casos em que os fins justificam os meios. Com uma diferença, esse fim pode ser a continuação de algo que nunca deveria ter terminado, e que após ter sido reparado, vai ficar mais forte do que nunca.

Independente do caminho escolhido você vai ver que muita coisa sobrou. E o que realmente era amor, não chegou nem perto de acabar. Nunca acaba.
IMG_6857

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s